quinta-feira, 21 de abril de 2016

Quero



Quero saber quem és
Quem és tu que te anuncias
Sob os prados de rosas brancas
Entre sonhos e alegorias
A ser a verdade das fantasias?

Quero erguer-te um castelo
Construirmos um futuro
Quer ver-te como a um espelho
E no reflexo paralelo
Ver a mente brilhar no escuro

Quero amar-te eternamente
Quero um desafio para a vida
E ter a mente evoluída
Que a promessa me jurou
No nosso corpo fervente

Quero a paixão eloquente
E o teu beijar alucinante
Quero caminhar sem demora
Quero o teu amor brilhante
Agora e para sempre

Sem comentários:

Publicar um comentário