quinta-feira, 14 de abril de 2016

O João Pestana Reformou-se

(...texto com supressões...)


Em declarações à imprensa, a mítica personagem da infância de muitos seres humanos portugueses, afirmou:

-Após vários anos dedicado ao meu emprego de colocar crianças a dormir, decidi reformar-me. As razões por detrás desta reforma são unicamente a falta de condições para prosseguir! Após uma vida inteira devoto à causa de adormecer aqueles “piquenos” irrequietos para que os adultos se possam livrar deles por uns momentos a fim de recolherem ao quarto e… fazerem as coisas deles… não me interessa o que fazem no quarto a meio da tarde; para depois saírem do quarto outra vez, algumas vezes com a roupa ao contrário, e prosseguirem com a sua desinteressante rotina a que chamam vida. Muitos anos em que retirei as “coisas” mais irritantes que as mulheres criam em 9 meses, mais coisa menos coisa, da frente de muitos pais, mães, avós, professores, etc… para depois o quê? Nem um agradecimento? Nem um convite para ficar mais um tempo a beber um café e a comer umas bolachas? Nada!? As pessoas são muito ingratas! Ainda por cima, nunca me foi permitido brincar ou confraternizar com uma criança acordada, muitas até duvidavam da minha existência! Tudo porque os paizinhos tinham medo que elas, talvez, aprendessem comigo e acabassem numa profissão menosprezada. Tenho a dizer que a minha função na sociedade é importantíssima! E nunca em situação alguma recebi apoios, o estado não me ajuda. Para além disso, a petição para proporcionar salário à minha profissão foi chumbada, tudo porque todos os pais em Portugal não querem dispor de 12 cêntimos por mês para eu poder receber um salário decente. Nunca me foram reunidas condições aceitáveis para executar o meu trabalho de forma prática, no entanto, nunca me queixei, sempre adormeci os “piquenos” e pouco pedi em troca. Pois eu lamento esta sociedade em que vivemos! Não tendo condições, quero a reforma imediata!

O SDAP, Sindicato de Discretos Adormecedores de “Piquenos”, não se quis manifestar sobre o assunto, também porque apenas João Pestana estava inscrito no sindicato, não havia mais ninguém.
No entanto, com a enorme lista de desempregados neste país, já houve muitos currículos enviados! Um candidato já foi escolhido. É tido por todos como o mais adequado para o cargo, já por muitas vezes conseguiu adormecer milhões de pessoas apenas falando.
Com João Pestana reformado, cabe agora ao ex-ministro das finanças e do estado, Vítor Gaspar, a função de adormecer aquelas coisas “piquenas” e irrequietas que muito comem e recursos exploram… não me condenem, é assim que são conhecidas as crianças lá para as direitas.
Vítor Gaspar foi escolhido entre 214.087 candidatos para a posição. Depois de ter estado no desemprego (à semelhança das milhares de pessoas que lá colocou) o ex-ministro consegue agora um emprego diferente da área da sua especialidade (já ninguém lhe confia um cargo que implique gestão de dinheiro permitindo lucro). No entanto, Gaspar aceita o cargo. Entende que a sua antiga profissão era algo para o qual não era talhado. Agora sim, enveredou por um ramo profissional adequando à sua pessoa.
Gaspar adormecia milhões de portugueses com os seus discursos, as centenas de gatos pingados a que se chama deputados, o pessoal do partido, os jornalistas, etc… Tendo em conta o seu historial, considera-se que não será difícil adormecer as crianças, bastar-lhe-á falar no seu lento e monótono discurso, com a sua voz baixa e calmante: as crianças adormecem logo! E são capazes de fazer xixi na cama, mas isso já não é problema de Gaspar, quando esteve no governo nunca se preocupou com o bem-estar das pessoas, não é agora que se vai começar a preocupar.
(...)

Sem comentários:

Publicar um comentário