quinta-feira, 4 de agosto de 2016



Amor que te partiste
Hoje estou só eu
Deixas o nosso leito triste
E a saudade de quem tudo perdeu

À noite vem o silêncio
Fecho todas as portas
Apago todas as luzes
Tranco todas as janelas
Cerro todas as portadas

Tento sarar as cicatrizes
Pois não sei o que advirá
Desse leito onde fomos tão felizes
Hoje durmo no sofá

Sem comentários:

Publicar um comentário